16
Out 08

eis aqui o meu pobre corpo
como o da rez no açougue
em carne viva
no altar de um deus desconhecido
antes assim
que se alguém o conhecesse
deixaria de ser deus
e eu de o ter
para o assassinar

e eis que me enche de volúpia
a canção do látego e o seu porquê
de desordem



Artur Rockzane

in soror messalina: datura ferox


(edições quasi)

postado pelo Casa dos Poetas às 21:17
Canção:: craig armstrong, the space between us, 'hymn'
Poesia e Alguns dos Poetas da Casa: , ,

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


PARCEIROS
pesquisar neste blog
 
Membros no activo
Ana Luísa Silva / Joana Simões / Ana Coreto / José Eduardo Antunes / Tiago Nené
arquivos
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO