10
Jun 10

Não me inquieto

quando não recebo as respostas

das perguntas que não fiz.

Eu me conformei

em reservar alguma coisa

de ti para saber depois.

Um pouco de nosso amor

será póstumo.

É recomendável

não descobrir todos os segredos.

 

Fabrício Carpinejar

postado pelo Casa dos Poetas às 00:33
Poesia e Alguns dos Poetas da Casa:

8 recitais:
Grata pela partilha de que muito gostei.
Um abraço
Menina Marota a 10 de Junho de 2010 às 03:07

Regressando ao activo e ainda bem.

Excelente recomeço poético.

Bem hajam.
Maria Costa a 19 de Junho de 2010 às 09:52

Arrancou-me um sorriso este poema. E a sensibilidade dele está patente.
Grata pela partilha.
Um abraço
Menina Marota a 26 de Abril de 2011 às 19:42

Sendo um visitante da casa (com outro nickname ), deixo-vos agora uma ligação para um mundo possível: http : / poesiaemouviescrito.blogspot.com
ouviescrito a 21 de Junho de 2011 às 03:06

Conheço esse poeta. Gostei desse lugar. Vá ao meu cantinho. Se você me permite, muito bom o Carpinejar - sem ufanismo brasileiro...
Abraços,

Gustavo
Gustavo a 24 de Junho de 2011 às 05:25

Ja vim tarde mas bem aconselhada, excelente blog.
Paula Silva a 6 de Julho de 2011 às 12:51

Belíssimo, leve e simples como a certeza de que se ama!

visite o meu blog: http://esculturadepalavras.blogspot.com
Teresa Poças a 21 de Abril de 2012 às 22:16


oi gente!!! deem uma olhada no mu blog e se gostarem sigam:


http://hojeconteiparaasparedes.blogspot.com.br/2012/05/minha-namorada-vinicius-de-moraes-meu.html
lu a 4 de Maio de 2012 às 00:14

PARCEIROS
pesquisar neste blog
 
Membros no activo
Ana Luísa Silva / Joana Simões / Ana Coreto / José Eduardo Antunes / Tiago Nené
arquivos
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO