14
Abr 09

 

 

Não importa até onde te leva o vento

(Sim. Mas gostaria de ver Séneca neste lugar)

A sabedoria consiste em manter os olhos abertos

durante a queda (Blocos sónicos

de desespero?) Estudar nas esquadras

de polícia Meditar durante os fins-de-semana

sem dinheiro (Tópicos que hás-de repetir, disse

a voz em off, sem te considerar um infeliz)

Cidades supermercados fronteiras

(Um Séneca pálido? Um bife sobre o mármore?)

Da angústia ainda não falámos

(Basta já. Dialéctica obscena)

Esse vigor irreversível que abrasará as tuas rotas.

 

De cadeiras, de entardeceres extra,

de pistolas que acariciam

os nossos melhores amigos

está feita a morte.

 

Roberto Bolaño

(Chile, 1953 - Espanha, 2003)

Poema com tradução de Tiago Nené

 

 

 

Se gostou deste post, considere subscrever o nosso feed completo.

Ou entao subscreva a Casa dos Poetas por Email!

postado pelo Casa dos Poetas às 11:30
Canção:: Canção de Engate - António Variações
Poesia e Alguns dos Poetas da Casa:

PARCEIROS
pesquisar neste blog
 
Membros no activo
Ana Luísa Silva / Joana Simões / Ana Coreto / José Eduardo Antunes / Tiago Nené
arquivos
links
blogs SAPO