28
Jan 09

 

 

 

LAGARTOS

 

Eu: assim começa o poema

Eu vi ontem, sem ir muito longe, um lagarto feliz.

Claro, afirmar que vi um lagarto

e que esse lagarto é feliz são afirmações que,

apesar da sua coerência, parecem

impróprias de mim.

Tudo pode explicar-se razoavelmente

se tomarmos por indubitável a primeira

afirmação, a primeira certeza:

certamente, ontem vi um lagarto.

Com alguma indulgência, ante mim,

ante o lagarto,

alguém podia crer sem qualquer ciência

na existência de lagartos felizes,

e quanto a isso, não custa nada convencer-se

de que um de nós é o lagarto feliz que vi ontem

dentro da relva,

desde a margem,

sobre o telhado.

Pena que ontem não tive tempo

de sair desta casa sem janelas.

 

Rosario Pérez Cabaña,

in Mientras Tú Cantas

(tradução de Tiago Nené)

 

 

 

Se gostou deste post, considere subscrever o nosso feed completo.

Ou entao subscreva a Casa dos Poetas por Email!

postado pelo Casa dos Poetas às 13:06
Canção:: Brian Eno - By this River
Poesia e Alguns dos Poetas da Casa: ,

recital:
Gostei muito de ler. Toda uma expressividade bem conseguida.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/
BSH a 31 de Janeiro de 2009 às 09:55

PARCEIROS
pesquisar neste blog
 
Membros no activo
Ana Luísa Silva / Joana Simões / Ana Coreto / José Eduardo Antunes / Tiago Nené
arquivos
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO