21
Jan 09

O Herberto Helder tem duas

pernas e dois braços, dois olhos,

tem nariz e boca e come, vive

numa casa, espreita pelas janelas,

por vezes sai à rua, sozinho ou

acompanhado, a falar, apanha

chuva, liga a televisão, sabe onde

fica a França, lembra-se quando

era pequenino, inclusive

teve mãe e pai. É

impressionante o quanto um poeta

se pode assemelhar

às pessoas! A última vez que

falei com ele mandou-me um abraço.

                                    

valter hugo mãe

 

 

 

Se gostou deste post, considere subscrever o nosso feed completo.

Ou entao subscreva a Casa dos Poetas por Email!

postado pelo Casa dos Poetas às 07:29
Canção:: U2 - Tripoli
Poesia e Alguns dos Poetas da Casa: ,

PARCEIROS
pesquisar neste blog
 
Membros no activo
Ana Luísa Silva / Joana Simões / Ana Coreto / José Eduardo Antunes / Tiago Nené
arquivos
links
blogs SAPO