29
Dez 08

COMETAS

 

No dia em que a notícia chegou com seus punhos de fogo

O homem viu à transparência das lágrimas

A sua imagem real.

No dia em que o deserto invadiu o cérebro

Do homem crédulo e ele se tornou incrédulo

Colheu pressuroso o derradeiro ramo de rosas bravas.

No dia em que outro homem o violentou, homem

Na convicção de o ser, perguntou-me porquê

E olhou as estrelas.

No dia dos cometas perdidos, o homem esperou.

Determinou perder-se também.

 

João Candeias

in Voltei à Casa Pequena

1999

Editorial Diferença

 

 

 

Se gostou deste post, considere subscrever o nosso feed completo.

Ou entao subscreva a Casa dos Poetas por Email!

postado pelo Casa dos Poetas às 22:33
Canção:: Coldplay - Yellow
Poesia e Alguns dos Poetas da Casa: ,

PARCEIROS
pesquisar neste blog
 
Membros no activo
Ana Luísa Silva / Joana Simões / Ana Coreto / José Eduardo Antunes / Tiago Nené
arquivos
links
blogs SAPO