16
Nov 08

Manuel Alegre é o homem de quem se fala hoje. Infelizmente não por aquilo que mais nos interessa: a sua poesia. Então, talvez fosse boa ideia contrabalançar a Alegria de hoje com um poema seu.

 

Amor de fixação

 

A experiência é madre das coisas

e por  ela  soubemos  radicalmente

a verdade

 

Duarte Pacheco Pereira, in "Esmeraldo"

 

 

Há um caminho marítimo no meu gostar de ti.

Há um porto por achar no verbo amar

há um demandar um longe que é aqui.

E o meu gostar de ti é este mar.

 

Há um Duarte Pacheco em eu gostar

de ti. Há um saber pela experiência

o que em muitos é só um efabular.

Que de naugrágios é feita esta ciência

 

que é eu gostar de ti como um buscar

as índias que afinal eram aqui.

Ai terras de Aquém-Mar (a-quem-amar)

 

naus a voltar no meu gostar de ti:

levai-me ao velho pinho do meu lar

eu o vi longe e nele me perdi.

 

 

Manuel Alegre

 

 

 

Se gostou deste post, considere subscrever o nosso feed completo.

Ou entao subscreva a Casa dos Poetas por Email!

 

postado pelo Casa dos Poetas às 13:59
Canção:: Bob Sinclar - World, Hold on
Poesia e Alguns dos Poetas da Casa: ,

PARCEIROS
pesquisar neste blog
 
Membros no activo
Ana Luísa Silva / Joana Simões / Ana Coreto / José Eduardo Antunes / Tiago Nené
arquivos
links
blogs SAPO