18
Nov 08

Ninguém
Nada
Nunca
Conhecia a porta de entrada
Ao jardim interno da cidade

Não existe
Não existe
A porta não existe

A sagrada porta
era apenas partilhada
Pelos eleitos
Que se perdiam nas ruas
Buscando a si mesmos.

 

 

Homero Carvalho Oliva, poeta boliviano

 

 

Se gostou deste post, considere subscrever o nosso feed completo.

Ou entao subscreva a Casa dos Poetas por Email!

postado pelo Casa dos Poetas às 09:00
sinto-me: na maior
Canção:: amália rodrigues - estranha forma de vida
Poesia e Alguns dos Poetas da Casa:

PARCEIROS
pesquisar neste blog
 
Membros no activo
Ana Luísa Silva / Joana Simões / Ana Coreto / José Eduardo Antunes / Tiago Nené
arquivos
links
blogs SAPO