11
Nov 08

A colina

 

Onde está o Elmer, o Herman, o Bert, o Tom e o Charley,

O indeciso, o de braço forte, o palhaço, o bêbedo, o guerreiro?

Todos, todos, dormindo na colina.

 

Um morreu de febre,

Um foi queimado numa mina,

Um foi assassinado num motim,

Um morreu numa prisão,

Um caiu de uma ponte quando

trabalhava para a esposa e os filhos,

Todos, todos dormindo, dormindo,

dormindo na colina.

 

Onde está a Ella, a Kate, a Mag, a Lizzie e a Edith

O coração terno, a alma simples, a barulhenta,

a orgulhosa, a feliz?

Todas, todas dormindo na colina.

 

Uma morreu de parto vergonhoso,

Uma de amor contrariado,

Uma nas mãos de um bruto num bordel,

Uma ferida no seu orgulho

à procura do desejo do coração;

Uma, depois de ter vivido nas longínquas Londres e Paris

foi trazida para o seu pequeno espaço pela Ella, a Kate e a Mag,

Todas, todas dormindo, dormindo,

dormindo na colina.

 

Onde está o tio Isaac e a tia Emily,

E o velho Towny Kincaid e a Sevigne Houghton,

E o major Walker que conversara

com os veneráveis homens da revolução?

Todos, todos dormindo na colina.

 

Trouxeram-lhes filhos mortos na guerra,

e filhas cuja vida se desfez,

e as crianças sem pais choravam.

Todos, todos dormindo, dormindo,

dormindo na colina.

 

Onde está o Old Fiddler Jones

que brincou com a vida os seus noventa anos,

desafiando o frio com o peito despido,

bebendo, provocando a desordem, sem pensar na mulher

ou na família, mem em dinheiro, nem no amor, nem no céu?

Observa! Ele fala sobre os cardumes de peixes do antigamente,

sobre as corridas de cavalos desse tempo, em Clary's Grove,

sobre o que Abe Lincoln disse

uma vez em Springfield.

 

 

Edgar Lee Masters

com tradução de Tiago Nené

 

 

Edgar Lee Masters é um poeta, biógrafo e dramaturgo norte-americano. É um dos grandes poetas americanos. O seu livro mais representativo, de onde retirámos este poema, com tradução exclusiva de Tiago Nené para a Casa dos Poetas, é Spoon River Anthology, e que representa uma série de poemas sobre as suas experiências de infância.

 

postado pelo Casa dos Poetas às 23:15
Canção:: Raua Real - Esta Noche es noche buena
Poesia e Alguns dos Poetas da Casa: ,

recital:
Muito obrigado pelo feedback ao sketch n'Os Contemporâneos!
Se quiseres ver outras coisas que tenho feito, vai a http://www.myspace.com/luisfrancobastos

Abraço, fica bem
Luís Franco-Bastos
Luís Franco-Bastos a 12 de Novembro de 2008 às 00:06

PARCEIROS
pesquisar neste blog
 
Membros no activo
Ana Luísa Silva / Joana Simões / Ana Coreto / José Eduardo Antunes / Tiago Nené
arquivos
links
blogs SAPO